Oferecido por
siga-nos

Porque virei Youtuber?

Publicado em: 24 de 05 de 2017

 

Salve Galera! Tudo na paz?

Diariamente muitas pessoas me perguntam nas minhas redes sociais: ”Como eu faço pra ser Youtuber?”, “Eu ganho dinheiro com isso?”, “Como eu gravo e edito vídeos?”, Pois é não é algo tão simples como se imagina, porém, vou contar o meu dia-a-dia como vlogueiro. Meus primeiros vídeos foram ao ar há oito anos, nem existia a palavra “Youtuber”, lembro que eu tinha feito uma conta no Youtube e os vídeos que tinha no celular, eu os postava para depois apagar. Naquele tempo eu costumava gravar com meus amigos na rua, passeio no Playcenter, na casa de familiares, e até mesmo dublando uns funks. Não era nada profissional, era um hobby, por exemplo: colocava uma música no computador, gravava com um celular velho que eu tinha, postava e já era. Fazia aquilo para os meus amigos da escola rirem, comentarem no outro dia, e até conseguir uns beijos, bem na zoeira mesmo. Para você ter uma ideia, divulgava no MSN e no ORKUT.

Conforme o tempo foi passando, comecei a trabalhar em uma empresa multinacional, não postava com tanta frequência, ficava com preguiça e meio que fui deixando de lado. No final de 2013 passei por alguns problemas pessoais e tive, infelizmente, princípios de depressão; foi aí que uma grande amiga, Mariana Bernun, veio conversar comigo e me colocar no eixo.

Sempre tive um lado bem cômico, criativo, porém estava deixando de lado tudo isso, em uma conversa por Skype ela me questionou “Marcinho, porque você não faz um canal? Coloca tudo que você pensa que sente que almeja pra fora...” depois dessa franca conversa, nasceu o “Minha Vida Sem Limites”, o meu canal no Youtube. No começo, foi tudo muito difícil, confesso. Não tinha uma boa câmera, meu computador estava bem ruim, não estava tão preparado para aquilo, mas, a vontade de crescer, o sonho de ser um Youtuber, não me deixava parar. Juntei uma grana e comprei minha primeira câmera, foi como tivesse comprado um carro zero; pedi para um amigo dar um UP no meu computador e depois dali comecei meus vídeos. De lá pra cá são mais de 100 vídeos, milhares de visualizações e muitos fãs. Ainda não sou um dos “grandes”;estou tranquilo, não tenho pressa, estou esperando meu momento.

Agora, respondendo as perguntas do inicio do texto: ser um Youtuber hoje é a minha vitrine, gravo meus vídeos semanalmente, tenho os meus ganhos com o Google Adsense, faço diversos eventos e publicidade. No meu dia-a-dia tenho tudo regrado, fico atento no que acontece no mundo, em questão de novidades, em temas, pauta, isso é muito importante pra quem grava vídeo, ter um bom conteúdo chama atenção do seu telespectador.

Já com o tema escolhido, começo a escrever o roteiro, faço em três partes: introdução, conteúdo e finalização. Após o roteiro ficar pronto, planejo o dia e a hora que irei gravar, geralmente escrevo o roteiro de domingo pra segundo e na terça-feira, gravo. Hoje uso uma câmera Canon, um pequeno refletor de Led e um básico microfone de lapela, dica importante: uma boa imagem e bom áudio são de extrema importância para um vídeo; no meu caso se eu começo assistir qualquer vídeo com um som ruim, já vou logo passando para outro, me deixa irritado. Agora, imagina os seus inscritos, será que eles iriam gostar de uma produção ruim? Acho que não, hein!¿ Depois que gravei o vídeo, vem o momento que acho o mais legal; editar o vídeo. Eu curto muito, apesar de ser bem cansativo e trabalhoso. Utilizo o Sony Vegas e Adobe Premiere, que são programas de extrema importância, fáceis e simples para uma boa edição. Com o vídeo pronto, faço o upload para o Youtube. Por fim, divulgo nas minhas redes sociais. Não há uma formula ou um segredo, apenas uma coisa eu tenho certeza, pode parecer bem clichê, mas se você não persistir não acreditar, e principalmente sonhar, nada se realiza.

Existe o vídeo “viral” que em pouco tempo explode e vira sucesso, porém é um em um milhão nesse caso a sorte conta muito. A essência dessa nova profissão é você gostar muito de produzir conteúdo, fazer disso o seu hobby, amar incondicionalmente as pessoas que te seguem e gostam de você, ser literalmente uma diversão, o resto vem com o tempo.

“Lutar por nossos sonhos nunca foi fácil, mas depois de fazê-lo, sentimos o quanto valeu a pena!”

OS JOVENS QUE FIZERAM HISTORIA DO BRASIL

Publicado em: 06 de 05 de 2017

 

 

Se você nasceu depois de 1994, acredite, não existia internet antes disso! O start da internet no Brasil deu-se em meados de 1994, quando a internet ultrapassou as fronteiras, de e lá pra cá, muita coisa mudou, e como mudou! Hoje em dia, tudo é encontrado na internet.

A Internet tem conseguido trazer todo entretenimento possível em apenas um clique. Um bom exemplo disso é o “Youtube”, além dos clipes que amamos e estamos acostumados a assistir, também há pessoas que postam vídeos falando sobre determinados assuntos. E interessante disso é a variedade de canais que achamos, há vlogs para comentar sobre acontecimentos, zoar alguém ou alguma situação, criar cenas engraçadas em acontecimentos do cotidiano, ensinar um novo idioma, apresentar novos artistas, filmes e séries. Isso é ótimo não é?

Divertidos, criativos e animados, os youtubers estão cada vez mais famosos no Brasil. E o melhor de tudo é que você pode encontrar vídeos de vários estilos, além de humor, têm para quem gosta de moda, jogos, séries, bandas e muito mais. Muitos dos blogueiros e escritores brasileiros que amamos, também estão apostando em vlogs e isso os aproxima bem mais dos leitores.

Ao longo dos últimos anos, diversos youtubers chegaram à casa dos milhões de inscritos, se consolidando como verdadeiros formadores de opinião, principalmente entre os jovens, esses youtubers se tornaram febre e mudaram uma geração, são raros os jovens que usam relógio, substituído pelo celular, com suas múltiplas funções e conectividade, ler jornais impressos também não está entre os hábitos dos jovens, que se informam pela internet, principalmente nas redes sociais. Do outro lado do computador, ajudando a aumentar o número de visualizações dos vídeos, estão crianças e jovens que veem nessas produções exclusivas para internet um conteúdo mais atraente do que aquele que a TV proporciona, hoje, o telespectador tem uma posição muito diferente daquele telespectador de alguns anos atrás, muito mais proativa. Ele não se contenta em ficar sentado no sofá assistindo a alguma coisa. Ele quer participar, saber mais, opinar, dizer se gostou ou não do conteúdo, o que na internet se torna muito mais fácil, o contato direto faz a grande diferença.

Além de ser um hobby para os jovens e uma maneira de se expressarem, a produção de vídeos no YouTube vem se tornando um negócio rentável para muitos deles em um país que vê a audiência da internet crescer a cada ano. Atualmente, o site conta com um bilhão de visitantes únicos por mês no mundo e o Brasil é o segundo país em tempo de vídeos assistidos, atrás somente dos Estados Unidos.

Mudança na intimidade e nos relacionamentos de forma geral com a introdução da tecnologia. O conceito de individualidade e privacidade foram se transformando e se singularizando. Houve um crescimento na necessidade da exposição pessoal. O que outrora era privado, torna-se público por opção. Ouço relatos de aumento de autoestima de sujeitos que expõem sua vida pessoal nas redes sociais. Há uma mudança nos limites para a exposição. Muitas pessoas gostam de mostrar suas fotos, vídeos e pensamentos nas redes sociais. Algumas pessoas não se incomodam de se expor dessa forma, mas é claro, há sempre uma encenação, um faz de conta para o outro ver. Os níveis de relacionamento estão diferentes e os parâmetros mudaram. Estamos numa “Nova era”.

 

 

 

 

 

QUERO FAZER INTERCÂMBIO, E AGORA?

Publicado em: 24 de 04 de 2017

Você já passou por isso?

Você cogita a ideia de que realmente quer ir para um outro país. Todo orgulhoso da sua decisão de estudar fora, então clica no botão “pesquisar”. Mas depois de algumas cotações superficiais, percebe que o preço é um pouco (quase muito) salgado. E é aí que você se frustra. Não sai da sua cabeça. Ahh o dinheiro... Sempre ele.

Parece familiar?

Calma, não se preocupe. Todos nós passamos por essa frustração. Mas é claro que, essa história não precisa terminar assim…

Logo, vou mostrar a você como teu sonho pode se tornar real, através de simples, mas poderosas 5 dicas básicas que valem ouro.

Ah, e eu aposto que a dica #5 irá surpreender você. Sabe por quê? Bom, ela é ignorada pela maioria das pessoas. E sim, ela faz toda a diferença.

Preparado? Então é só continuar lendo!

 

#DICA1: PREPARE PAPEL E CANETA

Posso lhe garantir que tudo começa a partir de uma boa organização, e porque não organizar suas ideias anotando-as? Vai por mim, libere todas as ideias da sua cabeça e anote tudo que você pretende fazer. Depois fica muito mais fácil definir seus objetivos, que inclusive é a segunda dica.

 

#DICA2: DEFINA SEUS OBJETIVOS

Afinal, qual sua pretensão? É somente aprender uma nova língua? É alavancar sua carreira profissional? É também trabalhar?

É muito importante escolher o tipo de programa de intercâmbio que pretende fazer, pois isso pode refletir no financeiro. Portanto, pesquisar isso antes de qualquer outra coisa é imprescindível.

 

#DICA3: DEFINA O DESTINO

É normal, logo de cara pesquisar por vários destinos diferentes, mas quando definimos um país, por exemplo, torna-se muito mais fácil planejar os próximos passos.

Outra dica fundamental ao escolher o destino é pesquisar sobre, por exemplo, o clima do país, custo de vida do local, entre outros. Afinal, tudo deve ser levado em consideração.

 

#DICA4: ECONOMIZE

Poupar é uma boa dica para fazer acontecer. Quando você começar a pesquisar por agências, escolas ou até mesmo sites e blogs especializados em intercâmbio, notará que juntar dinheiro é uma das principais práticas no planejamento. Pode parecer pouco, mas cortar gastos desnecessários pela raiz ajuda sim.

#DICA5: SE PREPARE DESDE HOJE

Pode parecer um pouco precoce, mas se você deseja mesmo estudar fora porque não começar a se organizar desde hoje? Que tal juntar uma grana para pelo menos tirar passaporte? É aos poucos que as coisas começam a ganhar forma mas para isso é necessário dar o ponta pé inicial. Até porque é impossível fazer intercâmbio sem providenciar os devidos documentos.

Pronto. Passaporte em mãos? Parabéns, você está caminhando em direção ao objetivo. Qual é? Nunca sabemos o dia de amanhã, as oportunidades estão aí.

A vida aguarda ansiosa pelas suas conquistas.

Ultrapasse obstáculos, sonhe e faça acontecer.

Você é capaz de muito mais do que imagina, acredite.

 

 

 

 

 

Oferecido Por

Patrocinadores

Marcas que Apoiam