BTS fará pausa na carreira? Saiba todos os detalhes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
POR LEI, TODOS OS HOMENS DE 28 ANOS DEVEM SERVIR AO SERVIÇO MILITAR NA CORÉIA DO SUL.

É inegável que o BTS é um dos maiores grupos Pop do mundo, mas seu futuro está com algumas dúvidas. Isso porque os jovens integrantes estão crescendo e ficando mais velhos. Segundo a Lei da Coréia do Sul, todos os homens de 28 anos precisam servir ao serviço militar. Com RM, Jin, SUGA, J-Hope, Jimin, V e Jungkook não será diferente.

O PJB News já falou sobre a história do BTS.

Mas há alguma possibilidade de os artistas adiarem essa execução? O News PJB explica.

Na verdade, a importância do BTS é tão grande, que a Lei já sofreu alteração no país. Agora, apenas ao atingirem os 30 anos, alguns homens do país precisarão se dedicar à força armada. Assim, adia-se em dois anos a necessidade do break na carreira do BTS. Mas há outras questões.

Para começar a falar sobre o assunto, o primeiro dado importante é reconhecer que o BTS é um grupo gerenciado pela Big Hit Entertainment. Entre outras bandas, a empresa, que agora é uma subsidiária da HYBE Corporation, é responsável pela carreira do grupo. Assim, os Bangtan Boys, como também é conhecido o grupo, podem ter seus integrantes alterados, como já aconteceu no passado.

Saída de integrantes

Criado em 2013 em Seul, na Coréia do Sul, o BTS teve originalmente 12 integrantes. No entanto, em meio à sua formação, alguns deles deixaram o grupo por motivos diferentes. Nos bastidores, estima-se que haviam divergências entre i11evn, o cantor coreano se chama Choi IkJe e entrou para a empresa que cuida do grupo em 2010, onde ficou por mais 2 anos. Assim, nos bastidores, rola uma fofoca que ele era muito prepotente e acreditava ser melhor que os outros, por isso acabou saindo.

Seguindo o mesmo processo, outros jovens artistas também abandonaram o grupo, mas mantiveram boas relações com os outros integrantes. Kidoh, Supreme Boi e Iron. Todos continuam se dedicando à música, em novos grupos ou trabalhos solo.

Mudança na Lei

Com a obrigação de parar a carreira, uma nova Lei entrou em vigor no dia 23 de junho e permite que homens sul-coreanos reconhecidos pelo governo por suas contribuições artísticas ou esportivas possam se alistas até os 30 anos, aumentando em dois anos o período de alistamento militar. Sendo assim, os integrantes da banda teriam ainda dois anos além de outros jovens para realizarem a tarefa militar.

No entanto, apenas pessoas que receberam honras e condecorações pelo Ministério da Cultura, Esportes e Turismo da Coreia do Sul, estão aptos a tal adiamento, o que é o caso do BTS.

Normalmente dada a artistas e atletas com 15 anos de carreira, o grupo recebeu a Ordem de Mérito Cultural em 2018. Assim, além de se qualificarem para a atribuição da nova lei, também mostram o poder que o grupo tem com suas contribuições. Para tal, levou-se em consideração os feitos do BTS em expandir a cultura e a língua coreana em âmbito internacional.

Ainda assim, a nova Lei vem sendo apontada por alguns cidadãos do país como uma forma de beneficiar o grupo e evitar seu fim iminente. Todavia, as informações foram rebatidas por Jung Seok Hwan, chefe da Administração de Força de Trabalho Militar, em entrevista recente à um veículo de imprensa coreano. Segundo ele, a obrigatoriedade da Ordem de Mérito Cultural para o adiamento do alistamento foi imposta para minimizar as controvérsias em cima da mudança da lei, para evitar acusações de “tratamento especial”.

Quando BTS irá parar?

Ainda não se sabe ao certo, uma vez que cada integrante tem uma idade. Se formos levar à risca, esse período acontecerá entre 2023 e 2028, já que os integrantes possuem idades distintas. Seokjin e Yoongi, por exemplo, já completaram a maioridade militar, enquanto J-Hope alcança os 28 anos em 2022. Sendo assim, as dúvidas ainda permanecem sobre qual será o futuro o BTS.

Enquanto isso, o BTS segue sendo a banda em maior crescimento exponencial no planeta. Dentre os feitos, estão a atual liderança em número de vendas do primeiro semestre de 2021 nos Estados Unidos.

De acordo com a Billboard, o feito foi atingido devido ao êxito comercial dos sucessos “Butter” e Dynamite.

Foto: Reprodução / Facebook

Daniel Outlander

Daniel Outlander

Tenho 28 anos, sou jornalista e publicitário e Jovemnático! Amo música, cultura em geral, e assino a edição dos textos no site do Prêmio Jovem Brasileiro.

deixe seu comentário!

CADASTRE-SE ABAIXO

    Skip to content ...