DAY faz o lançamento do álbum ‘Bem-Vindo Ao Clube’, que traz a colaboração de Lucas Oliveira

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Cantora investe numa pegada Emo no primeiro álbum da carreira.
CANTORA INVESTE NUMA PEGADA EMO NO PRIMEIRO ÁLBUM DA CARREIRA.

Que DAY é um grande talento da música, a gente sabe. Agora, se não bastasse o exponencial crescimento da cantora na web, ela divulga o primeiro álbum da carreira. E além disso, “Bem-Vindo Ao Clube” integra novidades.

Além de contar com toda a expertise e trabalho de DAY, o projeto é assinado por uma parceria junto a Lucas Silveira, produtor musical e vocalista da Fresno.

“É sobre uma jovem sonhadora que é testada pela realidade ao seu redor e por suas autossabotagens. É sobre se frustrar, mas também sobre se manter em pé.”, explica DAY sobre o álbum.

O álbum é encabeçado pelo singleClube dos Sonhos Frustrados”, composição de DAY, Tiê Castro e Los Brasileiros que acompanha a jornada de alguém tentando entender os altos e baixos, amores e desamores, começos e finais dos movimentos da vida como ela é. Dessa forma, “Clube dos Sonhos Frustrados” chega também em vídeo.

O álbum

Todas as 12 faixas trazem histórias vividas pela cantora antes e depois de se assumir LGBT, além dos novos sentimentos trazidos pela pandemia, sonhos e frustrações de diferentes momentos de sua vida. “Clube dos Sonhos Frustrados” inspirou todo o álbum, inclusive seu nome. Mas outra canção também promete se destacar: “Isso Não é Amor”, com Lucas Silveira, única parceria do projeto.

Talvez o álbum esteja um pouco mais pessimista do que eu gostaria, foi um álbum produzido em meio a uma pandemia, retratando momentos caóticos que já passei em minha vida. Revivi antigas e novas frustrações durante o processo, e isso tornou tudo MUITO mais intenso. O álbum é tudo que eu precisava botar pra fora, basicamente. Me expresso dessa forma para poder inspirar outras pessoas a se expressarem também. Agora, com tudo pronto, mais do que nunca eu só quero me conectar com o público. Pesquisas mostram que jovens brasileiros de 15 a 29 anos — maior parte dos meus fãs — se encontram mais tristes, pobres e preocupados. Espero que ouvindo essas músicas se sintam inspirados, amados, compreendidos, e que não se sintam sozinhos”, explica Day.

As novas sonoridades também traduzem esses sentimentos controversos presentes nas canções. Com referências de pop, pop punk, punk rock, rock, emocore, trap e rap, o álbum cria algo próximo de um estilo musical próprio, se aproximando do que pode ser chamado de “pop emo”.

Confira o álbum “Bem-Vindo Ao Clube”:

Foto: Lana Pinho

Daniel Outlander

Daniel Outlander

Tenho 28 anos, sou jornalista e publicitário e Jovemnático! Amo música, cultura em geral, e assino a edição dos textos no site do Prêmio Jovem Brasileiro.

deixe seu comentário!

CADASTRE-SE ABAIXO

    Skip to content ...