Dulce María, Flay e Ferrugem anunciam colaboração em pagode

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Depois de lançar funk, mexicana revela novo single.
DEPOIS DE LANÇAR FUNK, MEXICANA REVELA NOVO SINGLE.

Depois de lançar funk, mexicana revela novo single.

Dulce María já pode se considerar brasileira. Depois de lançar um funk ao lado de Kevin O Chris, chegou a hora da cantora colocar a voz em “Céu Azul”, faixa que mistura o pagode de Ferrugem com o ritmo nordestino de Flay. O novo single chega às plataformas digitais já nesta sexta-feira (10) e promete surpreender, mais uma vez, o público.

Ainda assim, como se essa mistura de brasilidade já não fosse o suficiente, Umberto Tavares, produtor e um dos compositores de “Céu Azul”, conta o significado por trás da música que possui ainda a assinatura de Anitta na composição e, fala sobre a linguagem do amor, que segundo eles, é universal.

‘Céu Azul’ é uma composição de Umberto Tavares, Jefferson Junior e Anitta.

“É uma letra que tem por volta de 6 anos, acredito que 2015. É uma música romântica, que fala de amor, nessa versão da Flay com Ferrugem e Dulce María, produzimos como pagode, mas ela poderia ser uma balada romântica sem menor problema. É uma música que fala de amor, o amor em alguns idiomas, quando fizemos essa composição, pensamos exatamente nisso. O quanto o amor é universal, em todos os idiomas, culturas e religiões. Por isso no refrão a gente se refere ao amor em espanhol, inglês e francês. O amor e sua linguagem universal.” conta o produtor da U.M Music, responsável por diversos hits nacionais.

Daniel Outlander

Daniel Outlander

Tenho 28 anos, sou jornalista e publicitário e joventático! Amo música, cultura em geral, e assino a edição dos textos no site do Prêmio Jovem Brasileiro.

deixe seu comentário!

CADASTRE-SE ABAIXO

    ...
    Skip to content