Masterchef: com participação de Fafá de Belém, reality promove nova eliminação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
MÁRCIO DEIXA O PROGRAMA APÓS PROVA DE CONFEITARIA.

O Masterchef Brasil segue a empreitada para escolher o melhor chef amador do país. E semana a semana, após o retorno de dois competidores que participaram da repescagem, a atração comandada por Ana Paula Padrão promoveu uma nova eliminação.

O episódio

O novo episódio de Masterchef contou, logo de cara, com uma das provas mais aguardadas pelos concorrentes. Assim, os participantes precisaram participar de um leilão.

No páreo estavam pratos conhecidos da culinária regional brasileira, como pato com pequi (Região Norte) e buchada de bode (Região Nordeste).

A prova, no entanto, não foi de reprodução. Assim, cada um dos cozinheiros pôde colocar seu conhecimento técnico, habilidades e criatividade para explorar os alimentos.

Com isso, o grande destaque foi para Isabela. A competidora, que contou com o maior tempo para a prova, 1h20, optou por fazer uma versão desconstruída do tacacá, um dos pratos mais tradicionais da região amazonense.

Colocando a criatividade para jogo, a participante ousou ao fazer uma versão doce do prato, que arrebatou os jurados.

Além disso, junto à ela, outros destaques positivos foram para Helena, Raquel, Kellyn e Ana Paula.

Mas nem só de ousadia se vive no Masterchef. Assim, Eduardo, Daphne e Tiago foram considerados os piores pratos da prova.

Masterchef. Foto: Divulgação

Prova de eliminação

Para a prova de eliminação, a temida prova de confeitaria deu lugar ao alto astral. Fafá de Belém foi a atração convidada apresentando um prato pra lá de difícil: Saint-Honoré.

O prato da culinária francesa consiste em uma massa folhada com adição de creme e carolinas, finalizado com caramelo. O prato, um dos mais comentados por Eduardo ao longo do programa, que afirmas ser essa sua sobremesa favorita, pegou os cozinheiros de jeito.

Com 2 horas de prova, cada um dos competidores tiveram de fazer uma reprodução do prato. No entanto, Isabela precisou escolher entre os participantes com pior desempenho na prova anterior, para serem punidos. Assim, Eduardo e Daphne perderam 5 e 10 minutos de prova respectivamente, enquanto Tiago teve de abrir mão de 15 minutos.

“Maldição quebrada”

Entra edição e sai edição, mas uma coisa não muda: é alto o índice de participantes que deixam a competição cozinhando justamente o prato preferido.

No entanto, Eduardo deixou a “maldição” de lado. O prato do jovem competidor foi escolhido como vencedor da prova de eliminação, garantindo mais um mezanino ao jovem.

Despedida

Masterchef. Foto: Divulgação

Em contrapartida Daphne, Tiago e Márcio foram os cozinheiros com pior desempenho na prova. Assim, os três foram para a berlinda.

Márcio, no entanto, foi o participante com maiores erros em sua sobremesa e deixou a competição.

“Ao mesmo tempo em que é triste sair, é um momento muito feliz porque chega a hora de voltar pra casa. É demais deixar a competição em uma prova francesa. Isso não diz que eu não sei cozinhar, só esfrega na minha cara que sou pobre. É uma receita que não tenho no meu repertório”, disse Márcio.

Daniel Outlander

Daniel Outlander

Tenho 28 anos, sou jornalista e publicitário e Jovemnático! Amo música, cultura em geral, e assino a edição dos textos no site do Prêmio Jovem Brasileiro.

deixe seu comentário!

CADASTRE-SE ABAIXO

    Skip to content ...