“Quero ser tratada pelo pronome feminino”, reforça Linn da Quebrada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Linn da Quebrada
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

APRESENTADOR TADEU SCHMIDT DEU ESPAÇO A LINN DA QUEBRADA PARA EXPLICAR O USO CORRETO DO PRONOME

Durante o programa ao vivo, deste domingo (23), foi dia de formação do primeiro paredão do BBB22, e o apresentador Tadeu Schmidt usou para levantar um assunto sério e deu espaço para a Linn da Quebrada falar, mais uma vez, qual pronome quer ser tratada.

“Primeiro uma pergunta para elas: quem aí está solteira? Agora uma pergunta para eles. Quem aí está solteiro? Linna, você tem o pronome “ela” tatuado acima da sobrancelha. Queria saber como as pessoas devem tratar você”, perguntou o apresentador.

Em seguida Linn da Quebrada, reforçou o uso correto como quer ser tratada: “Eu fiz essa tatuagem por causa da minha mãe. Pois no começo da minha transição, ela ainda errava e me tratava no pronome masculino. E tatuei na testa para ela não errar. Na dúvida, leiam, pois quero ser tratada pelo pronome feminino”.

Em três dias desde a sua entrada, a cantora passou a ser chamada pelo pronome masculino, diversas vezes, por participantes da casa que vem errando ao se dirigir a ela, mesmo após explicar aos colegas que quer ser tratada no feminino.

A participante Eslovênia, por exemplo, a chamou no masculino diversas vezes. Na última, durante a festa de sábado (22/1), Linn se irritou pela primeira vez. “É amiga, caralh*. Não dá para ficar errando mais, amiga”, pediu. Além disso, foi vítima de transfobia na tarde deste sábado (22), por meio de uma mensagem anônima no queridômetro com uso do pronome masculino ao se referir a Linn com“Você está solteiro?.

Ao final da explicação Tadeu Schmidt, agradeceu Linn da Quebrada.  “Muito importante você ensinar isso para os moradores da casa e para o Brasil inteiro. Para que erros não sejam mais cometidos. Muito obrigado!”

Texto: Carolina Didonet.

Daniel Outlander

Daniel Outlander

Tenho 28 anos, sou jornalista e publicitário e Jovemnático! Amo música, cultura em geral, e assino a edição dos textos no site do Prêmio Jovem Brasileiro.

deixe seu comentário!

CADASTRE-SE ABAIXO

    Skip to content ...