Show do BTS em Las Vegas: O ápice da experiência de um fã de k-pop aconteceu comigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
CONFIRA OS RELATOS DE LETÍCIA AKAMINE.

Todo mundo sabe o quanto os fãs de k-pop são apaixonados e dispostos a fazer loucuras pelos seus artistas favoritos. E eu, humilde jornalista de 26 anos, tomada pelo amor pelo BTS fiz a minha: passei 72 horas em Las Vegas apenas para assistir o concerto do grupo.

Cheguei em Las Vegas dia 8 de abril para ir ao show no dia 9 (sábado). A cidade está tomada por diversas ações como exposição de fotos, exposição de sets de MVs, pop-up stores, música nas fontes dançantes do Bellagio e até jantar preparado pelo chefe do BTS. Decidi ir nas exposições de fotografia e sets na sexta e, bom, perfeitas. As exposições trazem cenários instagramáveis para tirar fotos maravilhosas, além de roupas, frases e fotos exclusivas do por trás das câmeras.

Confira algumas:

Sábado, dia 9, foi dia do show. Assim como em Los Angeles, o estádio está cercado de patrocinadores e apoiadores do concerto entregando diversos mimos para os fãs – de jajamyeon a produtos de beleza. A atmosfera do lado de fora do estádio é inacreditável! Parece uma grande celebração e parece que todo mundo meio que se conhece. Não era raro ser abordado por outros armys para conversar ou receber presentes, que vão de photocards a pulseirinhas. Eu fiz um projeto pessoal para levar para frente do estádio: um totem do J-hope funkeiro, o que acabou fazendo bastante sucesso.

BTS em Las Vegas. Foto: Letícia Akamine

Hora do show (fomos parar no VIP só Deus sabe como). Não é novidade para ninguém que o BTS é um fenômeno de performance: há efeitos pirotécnicos dignos de grandes festivais, plataformas flutuantes, e pasmem, trios elétricos. É perceptível como o show é orquestrado do início ao fim, sem pausas ou espaços para erros. Cada movimento da coreografia é ensaiado à exaustão e até os momento de descontração são um caos organizado – a cara do BTS. 

BTS em Las Vegas. Foto: Letícia Akamine

Uma das coisas que me chamou mais atenção como fã foi a presença física dos músicos. Eles são muito presentes, interagem com o público e/ou câmera 100% do tempo, e são muito descolados no palco. Cada dança e movimento é um misto de sexy e fofo, causando vertigem nos sentimentos dos fãs, que nada tem a fazer além de gritar a plenos pulmões. Os grandes momentos da noite foram a performance solta e leve de GoGo, e claro, a volta olímpica no trio elétrico, contemplando os fãs de perto.

A volta olímpica:

E É SOBRE ISSO! Show do BTS Check!

Vem mais concertos de k-pop por aí! Aguardem.

Letícia Akamine(@le.akamine)

26, jornalista, army e paulistana.

Apaixonada por karaokê e cultura coreana.

Edição: Daniel Outlander

Equipe Prêmio Jovem

Equipe Prêmio Jovem

A maior premiação jovem do mundo!

deixe seu comentário!

CADASTRE-SE ABAIXO

    Skip to content ...