Categorias
News PJB

Muse Maya lança single e clipe ‘Benz’

Muito provavelmente você já deve ter ouvido a voz da Muse Maya no disco do “ǪVVJFA“, de Baco Exu do Blues, na faixa “Sei Partir“, sendo a terceira mais ouvida do álbum. Agora, a cantora carioca estreia seu primeiro trabalho solo experimentando toda sua potência vocal na canção “BENZ“, primeiro single que traz a parceria com Pedro Pan e chega hoje nas plataformas de música.

A canção conta com a direção musical da própria Muse, que pensa cada detalhe da obra, desde os convidados, os instrumentos, as referências, indicando cada passo que a música deve trilhar. O resultado desse direcionamento é um single que chega imprimindo uma atmosfera sonora densa e dançante, evidenciando as batidas do trap e do pop, que servem de trilha para para as mensagens ousadas e empoderadoras trazidas por Muse.

“Normalmente esse papel fica com homens mais velhos que estão há séculos na indústria, me colocar nesse lugar é só uma forma de tomar o que é meu, como artista e musicista. Dentro de um ambiente sempre masculino como são os estúdios, imagine, eu tomo meu espaço e faço minha música soar no caminho que eu quero“, explicou.

Muse Maya. Foto: Divulgação

Muse Maya já canta sabendo do poder que carrega enquanto mulher preta, trazendo a linguagem jovem e da rua, para um universo mais pop. E para isso, a cantora traz à tona temas sobre poder, afronta, ousadia e sensualidade. “Essa faixa carrega o peso de ser o meu primeiro single de um projeto maior. Trago nas poesias a liberdade de ser quem é sem medo“, contou.

Deixando evidente um grande cuidado com a construção imagética da sua obra como extensão da sua música, junto com o seu diretor criativo, Léo Belicha ( já assinou trabalhos como Iza e Rihanna), Muse pretende trazer uma estética provocadora, usando e brincando com a moda como ferramenta da sua narrativa.

Muse, que apresenta nova fase artística que tem como foco a música, chega com a proposta de trazer uma sonoridade pop, prometendo desnudar seu universo particular e autêntico. “Ǫuero a partir de Benz assumir o conceito/prática e me creditar artisticamente pelo meu trabalho como musicista, e não apenas cantora ou compositora”, finalizou.

CADASTRE-SE ABAIXO

    Skip to content ...